sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Primeiro


O segundo, é melhor...
Melhor que o minuto e a hora
Não fornece tempo demasiado,
nem imperceptível ele passa...

Faz de conta...
E não conta, pelo rubor
Registrado em cada sim,
notado de incerteza...

Ainda assim merece o apreço
Não da hora ou minuto
Desses, há compromisso,
a estar sempre presente...

Ele dura um momento
Eterno, ínfimo, justo
Egoísta e altruísta,
em sua duração...

Nenhum comentário:

Postar um comentário