quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Simples Assim...



Chegando impetuosamente,
arrumando as paisagens,
mexendo em lugares onde,
incialmente, não havia espaço...

Levanto tal hipótese de,
acaso, fortuna, algo assim...
Não tenho melhor resposta que,
vá solucionar tais anseios...

Ou posso relevar a vontade que,
volta e meia brinca de se esconder...
Quem pode solucionar isso,
sabe, que o racional comanda...

Retornar ao impasse,
novamente...redundância eterna...
Gostar disso é a doença,
apenas os fortes são imunes...

Fica simples de explicar,
Difícil de entender...
Culpo esse aglomerado que,
alguém, criou usando palavras...
Acho que sentir é mais fácil,
ninguém define nada...simples assim...

Nenhum comentário:

Postar um comentário