sábado, 4 de fevereiro de 2012

Permissões



Afim de não cometer excesso,
escuto daqui e ouço de lá,
pequenas nuances a conceituar,
o consentimento expresso...

Porém, não é adquirido,
por pressões ou anseios,
requer-se muito dos sujeitos,
o direito permitido...

Uma aflição pode facilmente,
ser transformada em outra aflição,
para findar uma lágrima,
outra distante ligação...

Diferente do que se diz,
interesse e desejo se completam,
não sei como vocês interpretam,
a oportunidade de ser feliz...

Nenhum comentário:

Postar um comentário