sábado, 21 de janeiro de 2012

Dependência


Tenho uma inquietude relevante,
aquela mesma de um ignorante,
que tenta seus sentidos aguçar...

De forma natural ou superficial,
o que impede é algo banal,
algo que nunca pensei em arcar...

Mas dependo de algo inato,
presumindo seu recurso imediato,
futilidade de um espelho que faz lembrar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário