quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Desregrada Lamúria


Nunca havia presenciado tal ira...
O firmamento em agonia, bradejava de tal forma que, os que escutavam, temiam...
O cintilante acima era oriundo de, provavelmente, alguma angústia, que não resolvera...
Quem obervara, fitava acima taciturnamente...
Quem fechava os olhos, contentava-se com o lacrimejar constante que quicava em tudo...
A balbúrdia estava edificada...
Não quedei pra finalizar o veredito...
...mas garanto que a tempestade...
...de nada adiantou...

Nenhum comentário:

Postar um comentário