sábado, 21 de maio de 2011

Quando O Chapéu Serve...


Quando não há mais ar nas bolhas do meu plástico...
Quando encontros diários se tornam esporádicos...
Quando não tem mais graça apertar a campainha dos vizinhos e correr...
Quando não existe a mesma curiosidade pelo buraco da fechadura, ver...
Quando aquela música já não produz o mesmo efeito...
Quando não conseguimos distinguir qualidade de defeito...
Quando aquela refeição não satisfaz mais...
Quando se prefere a guerra ao contrário da paz...
Quando aquela anedota não tem mais graça...
Quando prefiro uma cama à praça...
Quando aquele resto de esperança já não traz mais nem ansiedade...
Quando começamos à contar os dias ao invés de idades...
Quando aumentamos o nosso gosto pelas novidades da ciência...
Quando o que importa é o passado, a experiência...
Quando eu digo que tenho tudo o que prezo...
Espero que não concorde com isso...é só o que peço...

Nenhum comentário:

Postar um comentário