terça-feira, 1 de março de 2011

Quase Lá...


Ansiedade e expectativa andam lado a lado num romance apaixonado, sendo que ambos extrapolam em uma relação extra-conjugal com a aflição...
O pior, ou melhor, que essa relação à três sempre existiu e dificilmente alguém irá separá-los de alguma forma...eles não se sentem culpados por nenhuma coisa...vamos confundir tudo?
A expectativa por algo ou alguém nos leva a uma ansiedade dependendo da importância e do tempo, gerando a aflição...círculo vicioso né...puro cálculo matemático onde a ordem dos fatores não altera o produto...que produto?
Bem...vocês podem até ficar irritados, zangados, sem saber o que fazer...ou descontando nas incontáveis barras de chocolates, nos insurdecedores barulhos de plástico bolha recém estourados ou nos socos em direção a um saco de pancadas aliviando o stress...
...mas só há duas possíveis respostas para isso: felicidade ou tristeza...
...e isso meus caros só o tempo permitirá responder...

Um comentário:

  1. Olá Felipe!
    Fiquei simplesmente encantada com seu blog!
    Sensibilidade à flor da pele!
    Parabéns! Voltarei sempre...
    Abraços,
    Déia

    ResponderExcluir