quarta-feira, 9 de março de 2011

Elas


Sabe aquele jogo de charme, em que se você for condescendente, vai se deixar levar...pois é...
Lembra daquela conversa sobre vocês dois em que talvez não esteja muito afim de participar...hummm...
Recorda daquele pressentimento, onde o NADA quer dizer tudo, e você não quer perguntar duas vezes...
Essa mistura de uma força monumental, nunca demonstrada, aparentando uma ilusória fragilidade sabiamente mostrando-se compenetradas em suas atitudes perfeccionistas, tudo embrulhado em um pacote de sensualidade distinta, onde nós não temos a habilidade necessária pra compreendê-las...
Eu não consegueria e nem desejaria escrever algo tão complexo e nem gostaria de confundir ninguém sobre meus pensamentos...
E não me refiro que isso seja um ofício vitalício...
...mas é um prazer tentar desvendá-las...

3 comentários:

  1. Hehehehe adorei!!! principalmente a parte "aparentando uma ilusória fragilidade"...mulheres muitas vezes são fortes como rochas e guerreiras como leoas!
    grande beijo
    chris

    ResponderExcluir