segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Não Quero...


Não quero ser mais o que já fui...talvez aperfeiçoar...mas não...não mais...
Cansei do meu velho novo...mas não quero ser o novo velho...
Já tive meus vinte e cinco anos de sonho e de sangue...quero sair daqui onde estou...
Quero ter a liberdade de ir e vir dentro da minha prisão...quero ter o cárcerce privado dentro do mundo...
Acho que posso ser prepotente em dizer que sei tudo o que já vivi e ser humilde em dizer tudo o que não aprendi...
A minha expectativa ao passar do tempo é proporcional ao número de pessoas que posso me deparar...infinita...
A renovação de tudo isso, não passa apenas, por números simbólicos...passa pela inversão deles...
Pelo menos penso assim...fico na espera para poder viver tudo aquilo que posso na inversão dos meu números...
Mal posso esperar pelos meus meia dois...

2 comentários:

  1. é...temos todo o tempo do mundo e devemos fazer do presente o melhor momento de todos...
    Parabéns Felipe!!! =)

    ResponderExcluir
  2. Um recomeço.. Vida nova.. Milhões de possibilidades. Mas não importa o que estiver procurando, você continua o mesmo. Você carrega um pouco de si mesmo em cada recomeço...e dos outros que pela tua vida passam...como diz Lulu Santos: "...e não há tempo que volte...vamos viver tudo que há pra viver..."

    ResponderExcluir