quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Bagunça Boa Brasileira


Eu tava batucando de boa fé
na lata do meu buggy em tom de ré
bebendo uma birita pra ver qual é
batuque de baiano com muito axé

Barulho não é bom se você é
budista ou bebê que faz nhééé
Briga de bebum é pra mané
Mussum que é Mussum bebe um mé

Bailando no boteco todo a mil
Baixinho no balcão e ninguém viu
Ninguém me reconhece e nem psiu
Meu cabelo não é black e nem bombril

O busto da minha nega é uma beleza
beijando nas beirada de esperteza
Balanço de bumbum se põe à mesa
Boquinha na boquinha, minha fraqueza

Berimbau que faz zumzum é um barato
Bengala de bambu é um boato
Biquini de bolinha bem bordado
Será o benedito, eu não sou beato

Buzinando e brincando com as "guria"
Brincando com as "barbie" ela me domina
Eu não faço milagre nem uso batina
Boêmio bom que sou: vem cá menina!

Bom dia: eu tô bode, não quero nada!
Baderna no meu bar, maior roubada
Bolero com baião mas que piada
Broxei com um broto bom, a noite passada!

Nenhum comentário:

Postar um comentário