sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Livre Arbítrio


As vontades que possuímos ao longo da vida, quase sempre são reprimidas pelo conceito do limite de liberdade que nos cerca...
Esse mesmo conceito, tem a capacidade para que nós, simples humanos, possamos desenvolver nosso senso de estratégia...
Afinal somos ratos sempre à procura de uma fenda, um mínimo espaço no qual podemos aproveitar de forma perspicaz sem infringir nada ou prejudicar alguém...
O desejo do proibido é proporcional aos nossos sonhos quase utópicos, pois o abismo que existe entre ambos nada mais é que a medida de como podemos solucionar a transposição de nossos obstáculos...
Essa inferência cercada das minhas premissas, não foge muito do que o ser humano está em busca...o pleno conhecimento sobre o outro...
Enquanto não conseguimos desenvolver a habilidade psíquica de saber o que o outro está pensando, vamos vivendo o que nos é permitido...uma série de capítulos inéditos e sem sinopses...

2 comentários:

  1. Hehehehe...já é tão difícil conhecermos nós mesmos, imagina ter pleno conhecimento sobre o outro!
    Tarefa quase impossível, pois creio que estamos sempre evoluindo, pelo menos era pra ser assim...tem coisas que nunca mudam, mas outras sim...

    bjo da Chris

    ResponderExcluir
  2. capitulos ineditos... me lembra...
    faça algo que voce nunca fez

    haha




    =*

    ResponderExcluir