terça-feira, 30 de novembro de 2010

Um dia...


Um dia espero dar risada de tudo isso...agora não...mas por quê não!?
Bom...não consigo achar pessoas expontâneas no momento...
No momento só encontro pessoas precavidas...tais precauções me impedem de planejar surpresas...estranho...eu sei...
Me taxem de estranho...porém no esboço da minha vida tenho todo direito de realizar meus rascunhos...apagar os borrões...contornar as dificuldades...delinear as cores mais vivas...
Não tenho a pretensão de ser um Leonardo em projetos perfeitos sob alguma razão áurea...nem algo tão complexo como questionamento reflexivo de Rodin imortalizado em mármore...
Sempre tentei me cercar de todas as informações possíveis afim de pintar minhas telas de primeira mão...a vontade de rabiscar livremente com lápis, me é cerceada pela minha maestria da Vênus de Milo...
Juro que já tentei de tudo...
...mas me disseram que viver é desenhar sem borracha...

Nenhum comentário:

Postar um comentário