quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Balaio de Cronos


Hoje eu queria só uma coisa...um pouco de paz de espiríto...
Sério...ta...na verdade eu queria duas...boas vibrações...isso...disso eu também quero um pouco...
Olha na verdade eu queria bem mais...queria inúmeras sensações de felicidade plena ao longo do dia...
Gostaria de ter várias surpresas agradáveis, pelo menos uma por hora, para eu poder dividir com todos cada notícia...
Queria me munir de lágrimas todos os dias...numa alternância de dez para lágrimas de alegria e um para de tristeza...sempre é bom renovar os sentimentos...
Poxa vida eu queria tantas manifestações expontâneas de gratidão...só para averiguar se sou realmente importante a alguém nesse mundo...até as de ironia estou contando...
Queria me apaixonar na mesma proporção que eu digo um : "Bom dia!" ou um: "Até amanha!"...queria desapontar as pessoas na mesma proporção que eu canto alguma música na língua grega...
Queria me arrepender muito mais das experiências que tive de menos...das que eu não tive...bom...essas ainda há tempo...mas eu queria pra hoje...
Ou como diria meu chefe quando questiono quando: "Pra ontem!!!"...
Essa avidez que gostaria que as pessos entendessem...não é algo como um orgasmo através do sexo...é como um chocolate que derrete na boca...perdura por vários segundos...inclusive seu aroma...mas eu quero já...
Queria estar num trem desgovernado em sua alta velocidade...passando pelas estações dos sentimentos...algumas passariam muito rápido, mas saberia que outra estaria por vir...e as ruins...existem as máquinas de desvio das linhas...
...o ruim é que ninguém se encoraja em subir nele...nem eu saberia se tenho o que é necessário pra suportar...a ansiedade é uma amiga da onça...queria alargar o gargalo da ampulheta...
...mas o que fazer se cada pessoa tem seu tempo...

3 comentários:

  1. eh realmente, eh mais um apaixonado pela vida...a paixão eh assim sem fronteiras sem limites, sem tempo para esperar... eu amooo viver tb, e o melhor eh saborear cada momento devagar, tem q chegar logo... mas quando chegar deve ser aproveitado cada segundo lentamente, aproveitando tudo q ele pode proporcionar, e a vontade eh q naum acabe nunca... se naum existisse ansiedade, naum teria graça, a ansiedade nos motiva, nos faz ter atitude e voltar todas as atenções, ate conseguirmos o q queremos...e se nao conseguirmos pelo menos podemos nos confortar por saber q ao menos tentamos...viver e não ter a vergonha de ser feliz, cantar e cantar e cantar...a beleza de ser um eterno aprendiz...parabens mais uma vez...

    ResponderExcluir
  2. É...tem vezes que desejamos tanto uma coisa e ela nunca vem...almejamos tanto com tanto fervor e ela não vem. E quando menos esperamos,ela aparece, e muitas vezes, nosso sentimento, nossa vontade já não é mais a mesma! e nem se quer pensamos nela ainda. Isso pode acontecer ou não...basta o tamanho da vontade que se tem... parabéns Lipe

    beijos Chris

    ResponderExcluir
  3. Paciência é uma grande virtude, constantemente testada. Já que não podemos apressar muitas coisas, deixar a ansiedade de lado e esperar, pode ser o melhor dos remédios.
    Assim, o tempo não se torna um inimigo, mas um aliado...

    bjo.

    ResponderExcluir