segunda-feira, 11 de outubro de 2010

O Que Há Dentro?


De vez enquando eu começo a fuçar nas coisas...
Começo nas coisas que possuo...vou mexendo, desmontando, montando...
Muitas das coisas não resistem aos testes...algumas coisas também me testam...e por vezes também fraquejo perante as mesmas...
As pessoas agem dessa forma...muitas vezes inconscientemente...
Ninguém aqui pode ser taxado de algo sem testá-lo correto!?
Muito me fascina descobrir o que há dentro de cada um...e sem testar!!! Apenas procurando descobrir as semelhanças, as diferenças, gostos, nuances...
O teste em si...não tem graça! Ou vai ver existe até...conheço inúmeros que vivem disso...mas a relevância de participar ingenuamente de um processo em que não pode conhecer o seu fim...não há preço!
Por esse e outros motivos...procuro sempre abrir as caixas de Pandora que possuímos...porque dos males não tenho medo...se o receio existir, o afastamento persiste...
Dos posters, das capas, desse entretenimento fácil...de utilidade...só aos olhos me agradam...
...o que realmente eu quero...bom...é testar vossas resistências...a validade de cada um ao meu lado é uma experiência que desejo viver...

2 comentários:

  1. a casca eh soh a casca...nunca iremos conseguir demonstrar atraves dela qm realmente somos... ;) parabens lipe cada dia seus textos estãooo mais lindos...

    ResponderExcluir
  2. É bastante poético o fato de não te preocupares ou levar em consideração a “embalagem” das pessoas. Porém somos pegos pelo pré-conceito (e não um teste) a todo o momento, pois não temos como nos abstermos disso. O simples fato de termos vontade de conversar ou não com alguém já passa por um pré-conceito. Após essa fase, sim podemos tirar conclusões e decidirmos o quanto nos vale aquela pessoa. Mas a “validade” delas em nossas vidas também depende de nós mesmos e de nossas atitudes em relação a elas – independente ou não da confirmação do pré-conceito.

    ResponderExcluir