quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Desligue...leia um livro!


Quem aqui nunca se sentiu com a consciência pesada ao tomar banho logo após de um belo de um almoço?
Pois é, existem outras coisas, como não levar um casaco que a mãe pede, pra não ficar doente, ou não ler na obscuridade porque pode estragar a visão...entre outras coisas...
Geralmente são aqueles tipos de conselhos que não têm o intuito de nos rogar qualquer praga possível, mas apenas de nos alertar de uma "possível" infelicidade...
Esses tipos de "avisos" oriundos de todos os tipos de personalidades alheias, contêm sempre um certo "ar" de experiência ao nos repassar tais informações...informações essas que geralmente nos deixam algemados pelos olhos críticos das outras pessoas...ou alguém acha cabível uma pessoa não seguir essa cartilha de vida: Nascer...conhecer sua metade...constituir uma família padrão a de uma novela de horário nobre...ter seus filhos...seus "Bens" valiosos...etc...etc...e....Felizes para todo Sempre!?
Esse conceito deturpado de felicidade arcaico não consegue mais adquirir espaço em nossas vidas, ao passo também que observo que as pessoas não conseguem criar uma definição simples sobre a mesma...
Cada dia que passa assisto as pessoas mais estupefatas como baratas tontas, sob o efeito que de algum inseticida barato e fácil de inspirar...
Essas histórias muito menos me fascinam enquanto vou conhecendo mais as pessoas...hoje em dia percebo que seus anseios além de ser mais palpáveis, estão tomados de uma simplicidade que assombra muitos...todos aqueles que não desligaram a televisão...lógico...

Um comentário:

  1. Cada pessoa constroi seus sonhos e define seus objetivos atraves da realidade que vive, acredito eu...
    E independente disse, todos estão em busca do seu felizes para sempre, seja este final feliz uma grande carreira ou "um crediario nas casas bahia"

    ;*

    ResponderExcluir