segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Verdade Oculta


Venho aqui contar a vocês algumas verdades...
Não sei quem e de que planeta me disse que contar sempre a verdade é o caminho do bem...oras... caminho do bem só se for para os outros...
Pra mim a Verdade nunca me concedeu 100% dos meus direitos em benefícios...nunca foi me concedido a graça de me sentir livre do peso nas costas de contar verdades...e não me refiro aqui às verdades que devem ser omitidas... tais verdades perdem o prestígio a cada dia que passa, mesmo que sejam verdades...
Há sempre um mal por trás de toda Verdade...se algo é tão bom quanto parece à alguém, existe uma grande chance inversa e proporcional de prejudicar o outro...
A Verdade dói...não existe algo tão cobiçado por nós mesmos que nos deixe tantas feridas...como num ímpeto ingênuo de pegar um rosa, sem perceber os espinhos que a envolvem...
Da mesma forma que ela liberta as pessoas sendo anunciada e reconhecida como tal...ela tranquilamente aprisiona outras, fazendo-as reféns simplesmente por serem os âncoras jornalísticos que deram a face a todos...
As pessoas gostam de ilusões, necessitam delas...é um conforto próprio individual onde qualquer um se aborreceria de ser retirado desta situação conhecendo a realidade...verdade, não!?
A Verdade sobre a vida de uma pessoa já não se esconde mais nas digitais e nem no que você insiste em dizer conhecer como a palma de sua mão...as pessoas são providas de hablidades no qual pode se reconhecer a verdadeira identidade de alguém através de um aperto de mão firme ou um abraço sem receio...
O olhar, ultimamente, é o único meio em se creditar uma verdade...ela transpassa pelo filtro de nossos olhos, liberando apenas a sinceridade contida em uma lágrima, que seca, ao se deparar com a realidade...

Um comentário:

  1. Sempre há um mal por trás de toda mentira! Mas melhor contar a verdade do que carregar o fardo da mentira não?! O benefício em contar é o perdão do outro e mais que isso é conseguirmos nos perdoar pelo erro que levou a mentir. Ainda assim há os que gostem de se iludir, mas isso acontece só até a pessoa aceitar a verdade. No fim se sente um bobo por ter enganado a si mesmo.
    Talvez o olhar seja mesmo o único meio que ainda temos para se acreditar na verdade.
    Muito bom o texto e a fotinho =)
    bjão

    ResponderExcluir