sexta-feira, 23 de julho de 2010

Uma História Moral


Hoje sem querer, começou a coçar uma casquinha de um machucado que tenho próximo ao braço esquerdo...um machucado desses tipo arranhão que consegui a mais ou menos uns 20 pares de dias...rolando na grama...tentei não dar bola mas a coceira era tanta que me obriguei a pensar em outras coisas antes de arrancá-la com minhas unhas...já me aconselharam até a cortar elas deixando elas bem próximo a pele por causa disso, mas não me contive...
Depois de encarar uma...duas...três vezes, em minha mente iniciava uma batalha tão sangrenta sobre, que resolvi experimentar arrancá-la verificando se era apenas algo superficial...
Infelizmente não era, mas ainda assim permaneci tranquilo, divagando que dentro de alguns outros pares de dias, essa mesma casquinha retornaria ao seu estado de cura...logo pensei que aquilo poderia de alguma forma infeccionar causando algum tipo de transtorno a mais...sorvi vários copos de algo que em sua essência possuía álcool afim de não machucar por dentro da ferida...já que fora o estrago estava feito...o álcool em poucos momentos entrando em minha corrente sanguínea passou por aquele arranhão e fez arder algo que não lembrava mais que doía...confesso que algumas lágrimas escaparam de meus olhos...
Ao fim disto, me peguei por questionar...se aquilo pra mim não serviria de lição...se eu deveria deixar infeccionar por não cutucar casquinhas de arranhões quase curado...ou se devo cortar minhas unhas...porque confesso que não tenho medo de arrancar outra vez...

4 comentários:

  1. Que te sirva de lição!!!
    Bjoo
    Ah!! e não corta as unhas não....

    ResponderExcluir
  2. Como sempre digo,a vida é feita de escolhas e qualquer um que passou pela experiência de cutucar um ferimento com as unhas,está ciente que retirar casquinhas de algo que está em processo de cicatrização pode doer muito ou nada...dependendo do limiar e da intendidade da dor(a única casquinha que cutuco e tenho a certeza que não dói... é a ponta da casquinha do sorvete que mordo, com vontade de sorver o doce gelado...rsrsrsrs..isso se meus dentes não estiverem sensíveis!!!! rsrsrsrs). Bem temos a opção de aguentar a coceira e morrer de vontade de saber o que aconteceria... ou retirar a casquinha e esperar as consequencias,sempre haverá uma lição independente da escolha....

    beijos
    Sheila

    ResponderExcluir
  3. Tive que rir lendo esse texto,é com certeza o mais divertido deles =)me fez lembrar de como tu é cabeça dura também nana..
    E vai cortar essas unhas! q béqs
    ;*

    ResponderExcluir
  4. Para de arrancar casquinhas e deixa o machucado cicatrizar.... if you know what i mean....
    :p

    ResponderExcluir